Astrologia é uma linguagem
O que é um trauma
Ponto gatilho ou ponto doloroso
Ser próspero
Show More

Dor, sempre a Dor!

 

Quando a dor aparece, a primeira reação que temos é: como faremos para que este desconforto passe o mais rápido possível. Normalmente pensamos em fazer uma compressa para aliviar os sintomas. Elas são efetivamente analgésicas e podem ser usadas no período de até 48 horas após a lesão, como nas torções, dores musculares ou dores articulares.


Incansavelmente descrito e sempre indicado por profissionais da área de saúde, não há discussão sobre sua eficácia, porém existe uma porção da população que se queixa da dificuldade do uso de um ou outro tipo de compressa.


As vezes mal interpretadas as queixas sobre o não uso deste tipo de terapêutica, precisamos entender o que acontece ou o que pode acontecer para que estas pessoas não se sintam bem ao uso de uma terapêutica tão simples.


Cientificamente, as compressas quentes (acima de 37 graus Celsius), aumentam a
vascularização periférica no local que é aplicada aumentando assim a sensação de
relaxamento muscular pela resposta vascular e pela inibição de terminações nervosas que diminuem a sua capacidade de polarização (emissão neural).


Nas compressas frias ou geladas (abaixo de 10 graus Celsius) ocorre o inverso; acontece uma diminuição da vascularização periférica, enquanto há um aumento da vascularização profunda no local em que a compressa está sendo aplicada. Em consequência, o sistema linfático é acionado e assim temos como resultado a diminuição do inchaço (edema).


Mas temos algumas contraindicações para ambos os casos, que são importantes de serem ressaltadas e que devem ser levadas em consideração.


No caso das aplicações frias ela esta contraindicada em pessoas que são portadoras do fenômeno de Raynaud. Estas pessoas não toleram o frio e tem como resposta dor, formigamento e adormecimento da área exposta ao frio.


O fenômeno de Raynaud é uma condição na qual ocorre o exagero na resposta as
temperaturas frias e apresenta como manifestações clínicas a vasoconstrição dos vasos sanguíneos que resulta na redução do fluxo e o aparecimento da cianose (arroxeamento da pele) em consequência da diminuição abrupta da oxigenação nos pequenos vasos.


A pele fica fria acima do normal e gera uma área empalidecida bem demarcada com aumento do limiar de dor local . (www.reumato.usp.med.br)


Uma outra situação é aquela em que a presença de doenças como artrite e/ou artrose, causadas por pirofosfato de cálcio, que são moléculas em forma de cristais, que se depositam na fáscia muscular e que se precipitam quando colocamos gelo na articulação envolvida. Como são cristais, tem espiculas como pequenos espinhos, portanto ao invés de diminuir a dor acaba por aumentá-la pelo atrito intra-articular e muscular. 

Portanto se você apresenta estes sintomas preferencialmente não use compressas frias e procure se informar melhor sobre seu quadro clínico.


Com relação as compressas quentes temos que ter muito cuidado com pessoas acima de 70 anos e aquelas portadoras de Neuropatias, pois em ambos os casos temos a diminuição da sensibilidade térmica, da percepção de mudanças de temperatura que podem provocar queimaduras de 1º e 2 º graus, comuns pela percepção tardia do acometimento da pele e por vezes exacerbando a dor.


Se você apresenta um processo inflamatório crônico também deve estar atento pois o aumento da vascularização sem o devido resgate das células pode estagnar e perpetuar este processo. Neste caso o mais indicado é o uso das compressas de contraste, onde usamos alternadamente as compressas quente e frias.


Mesmo sendo um tratamento simples devemos sempre estar atentos as nossas condições físicas.


Estas contraindicações não são absolutas, porém devemos ter cautela quando realizamos até mesmo a milenar técnica de compressas.


A queixa de pessoas  que relatam não suportar o frio ou, de se sentir muito incomodadas com as compressas quentes, devem ser levadas em consideração pois isto pode ser um indicativo de que algo além daquela lesão inicial (pancada, entorse, torcicolo e dores musculares) pode existir.


Sem drama e sem pânico, isto é uma condição física sua à qual deve ser dada a devida atenção.


Como sempre: ouça, observe e respeite seu corpo.


Você pode encontrar a solução para

qualquer problema que esteja

desenvolvendo. Basta manter o

equilíbrio entre o corpo e a mente,

acreditando que ele tem as respostas

corretas para tudo o que você sente.


Suas emoções são a sua bússola

para a cura do seu corpo!

Você também pode gostar

O Portal

Como funciona

Anuncie no Portal

Eventos

Cursos

Divulgue seu evento

Seja Colunista do Portal

e ganhe vantagens

Saiba mais...

Fique por dentro

Receba todas as novidades

© Copyright 2020 - Todos os direitos reservados - Portal Terapeutas S/A - Todos os Terapeutas reunidos num só lugar

As informações disponibilizadas são de total responsabilidade de seus autores e tem caráter apenas informativo, não podendo, jamais, ser utilizadas em substituição a um diagnóstico médico ou de outro profissional habilitado, eximindo os administradores deste site de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização delas.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now